Últimas Notícias:

Convocação argentina para o amistoso contra a Suécia De Olho nos Hermanos

De Olho nos Hermanos

Nesta terça-feira (22), Alejandro Sabella convocou a seleção argentina para o amistoso contra a Suécia, a ser realizado em Estocolmo no dia 06 de fevereiro. Com a exceção de Walter Montillo, “Pachorra” optou pela escolha apenas de jogadores que atuassem na Europa, pensando no início da temporada na América do Sul. Confira a lista dos convocados.

Goleiros: Sergio Romero (Sampdoria-ITA), Mariano Andújar (Catania-ITA) e Cristian Álvarez (Espanyol-ESP)

Defensores: Federico Fernández e Hugo Campagnaro (Napoli-ITA), Ezequiel Garay (Benfica-POR), Fabricio Coloccini (Newcastle-ING) Cristian Ansaldi (Rubin Kazan-RUS), Pablo Zabaleta (Manchester City-ING)

Meio-campistas: Javier Mascherano (Barcelona-ESP), Fernando Gago e Éver Banega (Valencia-ESP), Ángel di María (Real Madrid-ESP), Augusto Fernández (Celta de Vigo-ESP), Fabián Rinaudo (Sporting-POR), Enzo Pérez (Benfica-POR) e Walter Montillo (Santos-BRA)

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona-ESP), Gonzalo Higuaín (Real Madrid-ESP), Sergio Agüero (Manchester City-ING), Franco di Santo (Wigan-ING), Ezequiel Lavezzi (Paris Saint Germain-FRA) e Nicolás Gaitán (Benfica-POR)

*José Sosa (Metalist Kharkiv-UCR) e Marcos Rojo (Sporting-POR) não foram convocados por motivos de lesão.

As gratas surpresas ficaram por conta dos retornos de Ansaldi, Banega, Gaitán e da estreia de Montillo dentre os convocados para a seleção principal. Ansaldi não é convocado desde o primeiro jogo de Sabella no comando da Seleção Argentina – 02/09/11, Venezuela 0-1 Argentina – onde o lateral argentino se machucou na véspera da partida e desde então não foi mais lembrado.

Cristian Ansaldi (Foto: uefa.com)

Cristian Ansaldi (Foto: uefa.com)

As apostas nos 11 para o dia 6

Após apostar no 4-4-1-1 no empate em zero contra a Arábia Saudita, o natural é apontar que Sabella volte a escalar o vitorioso e ofensivo 4-3-3 argentino que tem dado certo nas Eliminatórias 2014.

Diagrama tático 1

Talvez tenha chegado o momento de testar mais nomes no setor das laterais. Sabella nunca saiu da escolha por Pablo Zabaleta, Hugo Campagnaro, Marcos Rojo ou Clemente Rodríguez. Em Suíça 1-3 Argentina, com Rojo lesionado, e Luciano Monzón sendo a primeira opção natural, o treinador argentino optou em Campagnaro pela direita e Zabaleta na esquerda.

Escalar Ansaldi contra a Suécia seria buscar alternativas para corrigir o setor mais carente desta equipe.

Outra opção: a escalação de Banega e Montillo como titulares e o retorno de 4-3-2-1, esquema muito utilizado por Sabella no início da sua trajetória pela Seleção.

Outra opção: a escalação de Banega e Montillo como titulares e o retorno de 4-3-2-1, esquema muito utilizado por Sabella no início da sua trajetória pela Seleção.

Sabella também poderia apostar no bom comportamento ofensivo que Ansaldi tem e aliar tal situação à aplicação defensiva de Campagnaro pelos lados da defesa.

Um "móvel" 3-4-3, aproveitando-se também do polivalente Di Maria como médio-ala pela direita. Com Sabella, Di Maria já atuou até como 2º volante.

Um “móvel” 3-4-3, aproveitando-se também do polivalente Di María como ala-direito. Com Sabella, Di María já atuou até como segundo volante.

Questionar a convocação de Sabella tem sido natural para quem acompanha esta seleção argentina. Apesar da melhora em relação às escolhas, certamente surgirão questionamentos em relação às ausências de Javier Pastore (PSG-FRA) e Erik Lamela (Roma-ITA). Pastore vive momento de evolução na França, assim como Lamela, cada vez melhor na Serie A.

A situação de ambos pode ser comparada com à de Nico Gaitán, meia-atacante do Benfica convocado por Sabella no início, posteriormente “esquecido” por sua queda de rendimento e novamente chamado após ótima sequência de jogos em Portugal.

O 4-4-1-1 também muito utilizado por Sabella, com Di Maria e Nico Gaitán pelos extremos do campo.

O 4-4-1-1 também muito utilizado por Sabella, com Di Maria e Nico Gaitán pelos extremos do campo.

E você, caro leitor, como avalia esta convocação da seleção argentina? Qual o esquema agrada mais?

*Suécia e Argentina se enfrentarão no próximo dia 06, às 16 horas (Horário de Brasília).

Sobre Júnior Marques

Gabriel Batistuta nas peladas de infância e analista da Seleção Argentina de Futebol. Bacharel em Esporte pela UEL – Londrina (1 semestre universitário realizado na FMH, Lisboa – Portugal).

COMENTÁRIOS

Voltar ao Topo